terça-feira, 1 de maio de 2018

Desabafo: O que agradecer?

Esse ano eu não tenho nada a agradecer. Quando eu chego no meu aniversário e no Natal, eu reflito muito para ver se deveria... Fazer isso. Agradecer. Mas dessa vez... Não dá. 
Eu comecei esse ano sem nenhum trabalho. E cheguei até março sem trabalhar pois diversos fatores de incompetência alheia aconteceram. Ao meu ver e na minha opinião, isso aconteceu sim por questões de falhas sim por outros. Se eu não fosse esperto, eu talvez não conseguiria lidar com tudo isso. Nesse meio tempo, muitos de alguns problemas técnicos foram causados por mim. Só que nem se comparam com aqueles causados por forças acima de mim. Eu nem escrevo aqui quais são, pois parecem que me vigiam. Como se eu fosse perigoso. Problema em forma humana.
Sem contar a falsidade das pessoas. Gente que sabe sobre minha raiva a eles e ainda vem me cumprimentar. Eu amava essa cidade, amava minha gente... Mas parece que tanto dentro, quanto fora dela as pessoas se aproveitam de nós. E eu não fiquei mais cego para isso. Se eu falasse o que sei “castelos de cartas” cairiam. Talvez... Isso não levaria só a eles. Santa Isabel é pequena. Pessoas que amo demais. Ironicamente eu cresci demais para essa cidade. Não digo que sou perfeito ou correto. Sempre me esforço no entanto.
As coisas ao meu redor, literalmente, quebraram. Uma imensa parte dos meus desenhos foi perdida para sempre. Muitas das minhas histórias em quadrinhos e desenhos em pastas foram poupados graças a meu esforço. Essa que é a verdade. Eu sou um cara que sempre guardou as coisas como sentimentos: de uma maneira justa e verdadeira. Ainda assim me apego fácil. O que me faz mais querer construir minha casa ou até morar fora. Viver sozinho, me alimentar, pensar sozinho e morrer sozinho. É uma visão triste mas assim, ao menos poupo meus sentimentos.
Minha saúde está uma lástima. Se eu comentasse tudo que me aconteceu nesses últimos meses poderiam até me achar exagerado. Talvez eu tenha me dado bem até agora pois eu tenho esse porte todo. É duro contudo ser forte física e emocionalmente. Então, alguém vai chegar e falar “nossa Luis, mas existem pessoas em piores condições que você”. Eu sei. Mas isso não é algo que escrevi de maldade, só tentando explicar o motivo de não querer agradecer a mais um ano. Além do mais, faz cerca de cinco ou seis anos que eu me valorizo ao ponto de nunca deixar que algo entre em minha vida se não souber lidar com isso. Pois me tornei forte como pude.
Mas do que adianta? Nada. Tudo se manteve. Igual. Solitário. Frio. Triste. A única coisa que me faz querer agradecer é por estar vivo. E isso não é uma conquista para mim.

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Dicas para um bom narrador/mestre


  • Dica número 1: quando narrarem uma história vocês podem "roubar". Tanto para seu benefício quanto para o dos jogadores. Explico: usando um escudo de narrador, o mestre pode alterar jogadas para tornar a partida mais dinâmica. Quando ele acerta muitos dados e quer estender o combate, mentindo que está errando (auxiliando os jogadores) ou quando nota que um jogador está "aumentando" seus dados de acerto e então mente falando que acertou mais do que antes (auxiliando a si mesmo). Isso não deve ser usado como caráter de punição, mas sim de controle da história. Lembrando que o mestre funciona como um diretor.
  • Dica número 2: jogos de RPG são criados para contar história (jogo de interpretação de personagens significa ser parte de uma história, não necessariamente que você "evolua" igual a um pokémon). Pois se formos ver parte por parte de uma história, os personagens principais (os jogadores) nem precisam ser poderoso fisicamente, como é o caso de Vampiro A Máscara. Mas eles ficam experientes, ou seja, aprenderam com a vida sobre questões do dia a dia, por exemplo.
  • Dica número 3: tenha bom senso. Muitas vezes, é difícil lembrar todas as regras. Em especial quando a regra é relacionada com um dos livros suplementos (como no caso dos livros de classes do D&D ou os livros dos clãs de Vampiro). Então, quando isso acontecer você pode improvisar DESDE QUE isso não seja algo que ajude 100% só um lado. Exemplo: você não quer ser um Silvio Santos distribuindo bônus demais em uma manobra de combate, mas também não deve ser um carrasco que concede um simples ponto de +1 sendo que ela claramente beneficia em mais coisas.
  • Dica número 4: o mestre não joga contra os jogadores. Ele cria uma história ao redor deles. Criar uma história consiste em colocar obstáculos, sejam eles inimigos (um dragão, um príncipe, uma corporação ou até uma equipe) ou coisas menos visíveis (um terror escondido em um lugar ou uma lei antiga que não pode ser quebrada). Faça a história e deixe que eles façam suas ações. Não manipule eles. Conheça aqueles que estão ao seu redor. Assim poderá saber como vão agir em determinada ação.
  • Dica número 5: jogos são para se divertir. Se não consegue isso com o que está narrando é bom parar e ver o que está errado. Se os jogadores forem compreensivos eles vão entender o que está fazendo. Além disso, melhor ficar um pouco longe quando o stress do trabalho ou estudos não ajuda a criar coisas. O mesmo vale para algo errado nos jogos.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Uma aventura para Vampiro - A Máscara: El Santo de los Muertos

El Santo de los Muertos:
Uma história de Vampiro – A Máscara
“ Em relação ao que foi outrora, nossa terra transformou-se num esqueleto de um corpo descarnado pela doença. As partes gordas e macias desapareceram e tudo que resta é carcaça nua. ”
― Platão

O Sabá, de alguma forma deixou a cidade de Los Angeles, Califórnia. Alguns falam sobre a grande força que a Camarilla usou para retomar aquela região. Assim como as proximidades. Sem contar, que de alguma forma, até os lupinos sumiram misteriosamente. Diferente do que ocorreu com a Mão Negra, os líderes da cidade não falam que foram os culpados pelo sumiço dos lobisomens.
Isso é muito estranho, já que o atual príncipe poderia se vangloriar disso.
Sebastian Valdez é um tremere que diz ter poderes para lidar com os seres que tentarem acabar com a Camarilla dentro de Los Angeles. Sejam quais forem os inimigos e suas origens. A ponto de desafiar os próprios membros da Ordem de Hermes, entre outros. Só que isso tudo tem um custo...
Recentemente, na cidade um novo mal surgiu. Ao qual, o atual xerife não conseguiu lidar. El Santo de los Muertos. Um estranho ser com roupas monásticas que surge pela cidade. Sua face é um crânio sem orbitas e poucos fios de cabelo surgindo dele. Ele elimina alguns cainitas desaparecerem de duas formas: os esfaqueia deixando um rastro de sangue por todo os bairros, inclusive nos de gangues e em outros casos... Flores são encontradas. Muitas mesmo.
A polícia mortal acredita que isso seja o caso de um grupo de assassinos seriais mexicanos. Obviamente algo bem superficial. Enquanto, dentro do mundo de vampiros nada é confirmado. Pelas flores, muitos brincam que tenha sido o trabalho de toreadores. Mas os anciões do clã falam que se fizessem isso, o fariam com classe. Outros dizem ser trabalho de anarquistas e até dos Baali. Coisa que ninguém conseguiria confirmar, não é mesmo?
De qualquer forma, com o apoio dos líderes de Los Angeles (todos os líderes de clãs), Sebastian Valdez prepara uma festa. Uma comemoração em louvor as “conquistas” que ele obteve a cidade. Os ventrue falam que ele está se gabando, assim como um prefeito de cidade pequena faria por inaugurar uma praça iniciada na gestão anterior. Pois mesmo sendo vampiro, ele continua sendo uma criança mortal.
E vocês, como membros da Camarilla, devem participar dessa festa no Elísio. Inclusive, independentes e antitribus. Ou é o que muitos pensam ser. Nesse baile de máscaras que é a sociedade cainita de Los Angeles, vocês terão que as tirar para sobreviver.

A Visão de Quem Está de Fora – Sebastian Valdez
Camarilla: Seria muito melhor se Sebastian se preocupasse com a nossa pós-vida, como com sua popularidade. Ele liberou a cidade do Sabá e daqueles lobos idiotas. Muito bem... Mas como ele conseguiu essa fórmula mágica de se livrar dos problemas? Ele nunca foi o mais talentoso ou poderoso dos tremere. Só um ancillae que deve ter sorte demais. Até hoje é claro. Me preocupa que isso tudo seja só um truque de mágica que esteja para acabar.
 -Oscar Ferrero, ventrue, líder do clã em Los Angeles  
Sabá: Esse merda conseguiu esconder os corpos dos nossos muito bem. Isso devo admitir. Só que nós, mesmo não possuindo muitos forasteiros... Ou seja lá como chamem aqueles borra botas dos Gangrels! Sabemos como farejar um cu fodido. E Los Angeles está mais fodido que uma atriz pornô em uma gang bang.
-Nicole Colin, lasombra, última das príncipes do Sabá na Califórnia
Independentes: Eu sai de lá por dois bons motivos: primeiro, sou rápido o bastante para notar uma armadilha. Existe alguma bolha de problemas prestes a explodir na cara do Sebastian. E tenho certeza que é maior que todos nós. O segundo? Sinto de longe o cheiro de um navio afundando. Os ratos são os primeiros a abandonar o barco.
-Douglas Kurtz, ravnos, agiota

Os líderes de cada clã na Camarilla em Los Angeles
Nosferatu
Dominic Oliveira
Malkavian
Jack Hopkins “Tudo Certinho”
Ventrue
Oscar Ferrero
Brujah
Eduardo La Mancha “Cuzón”
Gangrel
Lorenzo Cobra
Toreador
Anastasia Sokanov
Tremere
George Addams Lynbert

Hierarquia da Camarilla
Príncipe
Sebastian Valdez (Tremere)
Xerife
Katarina Cosgrow (Gangrel)
Harpia
Vinicius Moreira de Araújo (Toreador)
Algoz
Danny “Piscador” (Malkavian)

Fichas de Personagens

Sebastian Valdez
Natureza: Intelectual Comportamento: Frio Clã: Tremere
Geração: 8ª                Refúgio: Mansão        Conceito: Charlatão

Força: 2                         Carisma: 2                                  Percepção: 4 (Perspicaz)
Destreza: 2                    Manipulação: 3                           Raciocínio: 3
Vigor: 2                         Aparência: 3                               Inteligência: 3

Prontidão: 2 / Performace: 1 / Investigação: 2
Esportes: 1 / Furtividade: 3 ( mover-se em silêncio) / Lingüística: 2 ( Espanhol, Italiano e francês ( nativo))
Esquiva: 2 / Sobrevivência: 1 / Ocultismo: 3
Empatia: 4 (Ganhar confiança) / Ciência: 2
Intimidação: 3
Liderança:1
Manha: 1

Geração:5 / Mentor: 2 / Recursos: 4 / Status na Camarilla: 1

Taumaturgia: 3 ( Sedução das Chamas ) / Auspícios: 1 / Dominação: 3

Consciência: 3 / Autocontrole: 2 / Coragem: 5

Humanidade: 5 / Força de Vontade: 7

Fraqueza de Clã: Laço de sangue com o Clã Tremere

Katarina Cosgrow
Natureza: Sobrevivente Comportamento: Solitário            Clã: Gangrel
Geração: 8º                    Refugio: Oficina Demons Souls   Conceito: Marginal

Força: 4 (Mãos fortes)                                    Carisma: 2                      Percepção: 2
Destreza: 5 (Reflexos Rápidos, Velocidade) Manipulação: 1               Inteligência: 2
Vigor: 2                                                          Aparência: 4 (Atraente)  Raciocínio: 5 (Iniciativa, Emboscadas)

Prontidão: 3 / Segurança: 3 / Investigação: 2
Esportes: 1 / Furtividade: 3 / Direito: 1
Briga: 3 / Sobrevivência: 3 / Ocultismo: 2
Esquiva: 3
Empatia: 1
Manha: 2

Geração: 5

Metamorfose: 4 / Potência: 5 / Rapidez: 2

Convicção: 1 / Instinto: 2 / Coragem: 5

Trilha do Coração Selvagem: 3 / Força de Vontade: 5

Fraqueza de clã: Adota partes de aspectos animais quando entra em frenesi

Vinicius Moreira de Araújo
Natureza: Galante    Comportamento: Celebrante Clã: Toreador
Geração: 8ª              Refugio: Casa no centro        Conceito: Artista

Força: 1         Carisma: 3                                   Percepção: 3
Destreza: 3    Manipulação: 3                            Inteligência: 2
Vigor: 2         Aparência: 4 (Olhar Sedutor)      Raciocínio: 3

Prontidão: 2 / Condução: 1 / Computador: 1
Esquiva: 2 / Etiqueta: 1 / Finanças: 2
Empatia: 3 / Armas de Fogo: 3 / Investigação: 3
Expressão: 2 / Armas Brancas: 1 / Lingüística: 1 (nativa: Português - Inglês)
Intimidação: 2 / Performance: 4 (Atuação) / Ocultismo: 1
Lábia: 2 / Furtividade: 1

Geração: 5 / Contatos: 1 / Recursos: 4 / Status: 3

Presença: 2 / Auspícios: 2

Consciência: 3 / Autocontrole: 3 / Coragem: 4

Humanidade: 6 / Força de Vontade: 7

Fraqueza: Deve passar em um teste de autocontrole dificuldade 6, ou o personagem não pode fazer nada na cena.

Danny “Piscador”
Natureza: Visionário     Comportamento:Visionário     Clã: Malkavian
Geração: 11                   Refugio: Mansão                     Conceito: Pesquisador

Força: 1        Carisma: 4 (Eloquência)                 Percepção: 4 (Audição)
Destreza: 3   Manipulação: 4 (Intimidação)        Inteligência: 3
Vigor: 2        Aparência: 2                                   Raciocínio: 1

Prontidão: 1 / Condução: 1 / Finanças: 2
Esportes: 1 / Etiqueta: 1 / Medicina: 3
Esquiva: 2 / Armas de Fogo: 1 / Ocultismo: 2
Empatia: 3 / Performance: 1 / Política: 1
Intimidação: 3 / Furtividade: 1 / Ciências: 1
Lábia: 3

Geração: 2 / Recursos: 5 / Status: 2 / Lacaios 1

Auspícios: 4 / Demência: 2 / Presença: 2

Consciência: 1 / Autocontrole: 4 / Coragem: 5

Humanidade: 5 / Força de Vontade: 10

Fraqueza: Demência (Megalomania)


O que acontecerá na noite?
A festa irá começar as 20:00 hrs e terminará as 3:00 hrs. Mesmo aqueles que dormem até mais tarde, vão ser acordados por carniçais a serviço de Valdez. Enquanto eles fazem isso, os jogadores terão que fazer um teste de Força de Vontade (Dif 7), ou perderão um ponto de sangue e um ponto de FdV.
Após isso serão levados até o Elísio da cidade. Na área para onde se dirigem vão estar chegando a prefeitura de Los Angeles. Um teste bem-sucedido de Inteligência+Política ou Acadêmicos (Dif 6 para Camarilla e Dif 8 para outros) concederá essa descrição:
Completada no ano de 1928, esta estrutura com seu cume em forma de pirâmide dominou a linha do horizonte de Los Angeles por muitos anos. Sede do prefeito e da câmara dos vereadores, seu porão volumoso serviu como refúgio para Christopher de 1931 a 1940. E Don Sebastian manteve um escritório por lá até a revolta. Depois disso, os líderes da cidade continuam fazendo reuniões com os membros de outras cidades. (Até dois sucessos)
Christopher foi um vampiro toreador, importante para a fundação da cidade. Ao ponto desse local ser conhecido como uma nova Cártago. Ao ponto de ser um polo de artistas dos mais diversos tipos como conhecemos hoje, em especial, atores e atrizes. (Até três sucessos)
Chegando lá, podem fazer testes de Percepção (Dif 6 para parte e Dif 8 para todas) para descobrir quais são as dependências do lugar:
-Salas dos secretários (3) (A);
-Salão principal (B);
-Cozinha (C);
-Câmara dos vereadores (D);
-Salão de palestras (E);
-Salão histórico (F);
-Sala do prefeito;
-Porão;
Eles vão fazer a festa no Salão histórico. Mas se quiserem se aventurar terão que passar por alguns membros de gangues protegendo as outras áreas do local (Ver abaixo). Eles são Caitiffs ou Brujahs. Estranhamente, Valdez auxilia muito os dois clãs. Os jogadores vão se lembrar disso, mas quase ninguém fala sobre, já que ele eliminou muitos inimigos da Camarilla.
Enquanto as pessoas andam por todo o local (depois de duas horas na festa), faça um teste de sorte entre todos. Se empatarem, um ou até três que tiraram os dados mais baixos leia a descrição da página 8.

Membros de Gangues Génericos
Clã: Brujah ou Caitiff   Natureza: Rebelde   Comportamento: Valentão   Geração: 11 e 13
Força: 4         Destreza: 3           Vigor: 3
Carisma: 2     Manipulação: 2    Aparência: 2
Percepção: 3  Inteligência: 2      Raciocínio: 2
Prontidão: 2  Briga: 3  Esquiva: 1  Intimidação: 3  Manha: 3
Condução 2  Armas de Fogo: 3  Armas Brancas: 4  Segurança: 2  Furtividade: 3
Conhecimento da Área: 3  Investigação: 1  Direito: 1  Política: 2
Rapidez: 2   Potência: 2   Presença: 1
Consciência: 2   Autocontrole: 4   Coragem 4
Força de Vontade: 5   Humanidade: 6

Estátisticas da Horda de Zumbis
Força: 3   Destreza: 2  Vigor: 4
Briga: 3
Não se esquivam
Funcionam como personagens com Força de Vontade 10 (mesmo não possuindo isso)
Só levam dano por fogo ou habilidades sobrenaturais de dano físico
Tem 10 níveis de Vitalidade




Descrição de El Santo de los Muertos
            Enquanto a festa ocorre, você vê um homem, de estatura baixa. Mesmo com tantas pessoas nessa festa, ele se destaca. Primeiro por ninguém se socializar com ele. Na verdade, ele parece invisível aos outros cainitas. Segundo por conta de suas vestes, muito fora do comum. Parecem ser um antigo roupão de monges cristãos na idade média. Por último, o que lhe assombra é sua face: no lugar de um rosto, ou até mesmo uma forma deformada, há uma caveira. Seu corpo pode parecer normal. Você vê carne e até unhas nele, mas em seu rosto.
            Ele lhe acena de forma gentil até.
            (Quem tiver Auspícios pode ver a aura dele: algo bem gentil).
            Em seguida, ele some, como se nada tivesse acontecido.
         Enquanto a festa ocorre, alguns dos membros podem conversar com os outros vampiros no local. Veja a seguir:

Nomrs
Clãs
O que eles pensam sobre isso
Ariane
Brujah
A festa é uma merda, mas se não comparecessem ali, Valdez ficaria puto.
Rose Whitaker
Caitiff
Finalmente um líder na cidade que se importa com os sangue fracos e os desgarrados. Talvez, as pessoas falem tão mal dele, por conseguir fazer o que outros nunca conseguiram sendo tão jovem.
Pablo Torres
Caitiff
Eu não quero ficar aqui. Isso cheira a merda. O Valdez já me pediu muitas coisas. E alguma coisa não me parece boa aqui.
“Rasputin”
Malkavian
As portas do Nonagésimo Nono Círculo do Céu de Napoteth. Quando isso ocorrer, os dias vão virar noite. Acima de tudo, aqueles que tem pás serão os primeiros atacados.
Alonzo Guillen
Nosferatu
Alguém além de mim notou a grande quantidade de carros indo para fora da cidade? Pelo que sei não é o Sabá, nem os lupinos.
Edith
Toreador
Esse lugar é apático. Sem nada de novo. O que eu teria que fazer em um lugar seco como esse?
Christopher Houghton
Toreador
Eu vivo nessas terras a mais tempo que qualquer um... E mesmo assim, não estou compreendendo como Sebastian surgiu aqui tão poderoso. Benjamin “Spider” me falou que ele nunca viu Valdez como um perigo.
Louis Sinclair
Ventrue
Viram que a xerife trouxe um artefato a prefeitura? Deve estar na sala do prefeito. Ele o leva para todos os lugares da cidade. Parece ser uma chave. Até parece um artefato daqueles lobos fedidos...
Dawn Liverman
Seguidora de Set
Aquilo não é uma pedra de índios mexicanos.
Irena
Ravnos
Devo ser a pessoa mais maluca nessa cidade, acima dos malkavianos. Eu já fui para o México recentemente.

Aqueles que ouvirem sobre os artefatos trazidos por Valdez e Cosgrow, podem fazer Inteligência+Acadêmicos (Dif 8). Se passarem com ao menos três sucessos, saberão que aquilo que está na frente do Salão histórico e o que a xerife deu ao príncipe não é mexicano. Parece ter uma origem diferente (só revelar se tiver um crítico e o mantiver).
Depois de certo tempo (00:30), Valdez diz que pretende se pronunciar. Para tanto, ele fará com que todos vão até a Câmara dos vereadores.
Esse tempo concede aos jogadores meia hora para descobrir algo.
Testes que podem fazer são:

Testes antes do pronunciamento de Sebastian Valdez
Christopher
Manipulação+Lábia (Dif 9): Para ir em uma das salas guardadas. Com exceção do porão.
Percepção+Armas de Fogo (Dif 6): Que mesmo estando em um grupo gigantesco de cainitas, eles nem estão tão bem armados.
(Alguém com Auspícios) Percepção+Empatia com Animais (Dif 7): Um grupo de pássaros, conhecido por serem diurnos estão voando para longe de forma estranha. Um até mesmo morre batendo na janela com grades.
Carisma+Ocultismo (Dif 9): Aqueles que conversarem com “Rasputin” ouvem isso dele: Às vezes, o problema não é a face do cavaleiro pálido. Mas sim quem quer enganar ela.
Raciocínio+Segurança (Dif 8): As grades do prédio são extremamente seguras na prefeitura. (3 sucessos ou mais) Em caso de problemas, elas vão impedir que os personagens sobrevivam fugindo pelas janelas.
Manipulação+Computador (Dif 9): É possível conseguir as plantas do local, mas ainda não consegue. (3 sucessos) Você consegue acesso as plantas do local (5 sucessos ou mais) Há como sair do local, através de dutos no porão, onde existe uma maior segurança no local.
Percepção+Investigação (Dif 9): Enquanto alguns passarem próximos as janelas, veem estranhos passando pela parte gramada da prefeitura. Mas são MUITO estranhos.
(Perto do artefato no Salão histórico) Acadêmicos+Ocultismo (Dif 8): Esse artefato deve ter sido feito nos séculos após a vinda de Nosso Senhor Jesus Cristo (se é que o personagem acredita nisso). Porém, ele representa a peregrinação de São Tiago de Coríntio. Um santo, que segundo se fala, morreu nas mãos de um tzimisce. Pouco se fala sobre ele, pois ele é temido pelos mais sábios dos anciões. A lenda conta que o vampiro foi destruído em uma noite de Abril. Alguns falam que isso ocorreu, pois muitos falam da santidade daquele lugar. (4 sucessos) Poucos sabem, mas na verdade São Tiago de Coríntio era um lupino pelo que se fala. E que ele criou um artefato, para proteger seu povo. (5 sucessos ou mais) Segundo a lenda, ele se tornou um espírito dos garous e controla os espíritos.
(Se o personagem obteve 5 sucessos ou mais no teste anterior (Acadêmicos+Ocultismo)) Raciocínio+Ocultismo (Dif 8): Comentou-se que o artefato estava no México. (3 sucessos ou mais) Estava nas mãos de Roedores de Ossos. Até que foram atacados por um bando de caitiffs que formaram um dos piores e maiores grupos de motoqueiros de Los Angeles, os Najas de Ferro.
(Se o personagem ligar para alguém) Raciocínio+Investigação (Dif 8): Algo que está ocorrendo na cidade começa a convergir para o Elísio onde estão, a prefeitura.
Um teste de Auspícios sobre Cosgrow mostrará que ela cometeu diablerie. Ironicamente, se alguém tentar a confrontar sobre isso, ela não liga.

O texto de Valdez está abaixo:
“Hoje, nessa noite, nós estamos reunidos para comemorar nossa vitória. Ninguém antes, na Camarilla, obteve tamanha vitória sobre a Mão Negra. O Sabá não pode nos vencer. E seja lá como for, nem mesmo os lupinos nos enfrentam mais. Nossos lugares como senhores da noite foram conquistados graças a mim. Eu tenho dons únicos, depois de muitos anos estudando. Agora que me tornei mais que um membro dos tremere, sou poderoso o bastante para causar a mudança nessa que é minha cidade... Eu... Que barulho todo é esse?...”
Eis que do nada os personagens escutam sons pela porta principal da Câmara. Que estava fechada até então. Quando do nada, um dos caitiffs que guardavam o Elísio é atacado por um homem com carne podre, parte de seu crânio exposto, gengivas e dentes vermelhos e olhos fundos. Um zumbi! Ele não parece como um daqueles citados em dons de giovannis. Parece um pouco mais ágil, mais forte e perigoso.

Testes depois do pronunciamento de Sebastian Valdez
            Percepção+Prontidão (Dif 7): Para ver onde Sebastian foi com Cosgrow.
           (Se alguém citar sobre o artefato de Valdez) Inteligência+Ocultismo (Dif 8): Ele deve estar com Sebastian ainda. Ele deve ter arrumado um modo de quebrar as proteções do item relacionado a El Santo de los Muertos.
            Qualquer um que fuja com o helicóptero (seja conseguindo entrar nele ou não) descobrirá que uma parte da cidade foi tomada por zumbis. O veículo vai ser danificado de uma forma ou de outra.
            Para eliminar esse problema, os personagens devem conseguir derrotar Sebastian e Cosgrow.

La Cruz de San Tago de Cunritio
Originalmente a cruz não tem poderes sobre zumbis, ela funciona como uma forma de se comunicar com espíritos dos mortos. San Tiago era um dos Sentinelas, que seriam os Andarilhos do Asfalto. Como eles nunca foram ligados com os espíritos (muito menos os de mortos) ele conseguiu obter poderes para os contatar.
            Anos depois um tzimisce o enfrentou e o matou. Mas antes que morresse, sua alma residiu no item que usava como um fetiche. Uma cruz, que usava enquanto ainda era cristão, alguns dizem.
            Só que muitos séculos se passariam, e depois de um combate em Constantinopla, na Idade Média. Um giovanni de nome Ezekiel, corrompeu o item. Desde então, os membros de diversas tribos caçam o artefato como se fosse uma lenda. Para reaver a honra daquele que foi um herói de sua raça. A última notícia dizia que uma ravnos teria perdido ele no México. Será mesmo?

Conclusões possíveis para El Santo de los Muertos
-Se fugirem de helicóptero, descobriram que aquela parte da cidade está quase devastada por zumbis. E que alguém enviou um assamita para eliminar aqueles que tentarem fugir de Los Angeles.
-Se tentarem deter Sebastian e Katarina poderão contar com a ajuda de Danny “Piscador”, se tiverem bom entendimento com ele. O que é difícil.
-Quando a noite estiver para acabar, eles serão encontrados por um lupino (um Peregrino Silencioso (Percepção+Ocultismo (Dif 9) 3 sucessos pelo menos). Ele quer a cruz do Santo de los Muertos. Diz que assim, os espíritos descansarão em paz. Se entregar a ele, ele promete que eliminará os zumbis.
-Se entregarem a Douglas Addams, (um justiçar que surge quase quando amanhece o dia) ou Danny "Piscador" ele diz que guardará o item. Para usar contra inimigos e de bom modo!
Mas se vocês parecerem suspeitos, serão mortos.
Mas caso tenham conseguido uma boa “convivência” com o espírito da cruz, vocês se salvaram.
“ A morte é simples mudança de veste, somos o que somos. Depois do sepulcro, não encontramos senão o paraíso ou o inferno, criados por nós mesmos. ”

-Chico Xavier